Boa tarde!           Terça 24/01/2017     17:15
Cadastre seu e-mail e receba nossos informativos: Nome Email

2015

     O SINPEEM realizou a campanha salarial com muita dificuldade, sob o efeito do longo período de reposição da greve de 42 dias do ano anterior. Ainda assim, apresentou a pauta com os itens reivindicados pela categoria e aprovados em todas as instâncias do sindicato. Foram quatro paralisações, que resultaram na conquista de 10%, a título de elevação dos valores de pisos dos docentes, gestores e Quadro de Apoio. Índice a ser incorporado em duas parcelas iguais, em maio de 2017 e maio de 2018.

     O sindicato conseguiu, ainda, incluir no Protocolo de Negociação vários itens sobre questões funcionais e condições de trabalho não honrados pelo governo Haddad, até o momento. Como exemplos de itens não cumpridos estão: hora/atividade livre paras os professores de educação infantil (CEIs), transformação do agente de apoio em agente escolar e alterações nos critérios para evolução funcional do Quadro de Apoio. 

     A luta pelas reivindicações apresentadas em 2015, acordadas e não cumpridas pelo governo Haddad, continua.
Voltar Topo Enviar a um amigo Imprimir Home