Boa tarde!           Sexta 24/03/2017     14:50
Cadastre seu e-mail e receba nossos informativos: Nome Email

08/03/2017 - Profissionais de educação decidem: greve a partir de 15 de março

        Convocados pelo SINPEEM, mais de 20 mil profissionais de educação da rede municipal de ensino de São Paulo participaram nesta quarta-feira, 08/03 – Dia Internacional da Mulher –, de manifestação na Praça Oswaldo Cruz (Av. Paulista), contra a reforma da Previdência, do governo Temer; o Regime de Previdência Complementar (Sampaprev), do Executivo municipal; e em defesa dos direitos e reivindicações da categoria, que tem data-base em maio.

        Após falarem sobre a importância do dia 8 de março para lembrar a luta da mulher, ao longo dos anos, por melhores condições de trabalho, direitos sociais, econômicos e políticos, e da necessidade de maior união agora, com a reforma da Previdência, que mexe em direitos pontuais das mulheres – como o aumento da idade para a aposentadoria –, as diretoras do SINPEEM, que conduziram a manifestação, iniciaram a assembleia geral da categoria.


GREVE NACIONAL DA EDUCAÇÃO TERÁ INÍCIO EM 15 DE MARÇO

        Em assembleia, os profissionais de educação decidiram que a categoria entrará em greve a partir do dia 15 de março, atendendo à convocação nacional da CNTE e da CUT.  

        Para construir um grande movimento, as diretoras do SINPEEM ressaltaram que todos que participaram da paralisação, manifestação e assembleia desta quarta-feira, devem discutir nas escolas com seus pares e com pais e alunos sobre a importância da união de todos na luta contra medidas que retiram direitos de todos os trabalhadores, indistintamente.

        Também foi deliberado que no dia 15 será realizada manifestação e assembleia geral, no Viaduto do Chá, em frente à Prefeitura, às 15 horas, quando o SINPEEM entregará a pauta de reivindicações da campanha salarial de 2017, já aprovada em todas as instâncias do sindicato, ao governo Doria. 

        Além de lutar contra as reformas da Previdência, trabalhista e do ensino médio e contra o Sampaprev, a categoria reivindica a retirada da Câmara Municipal do PL 621/2016, que dispõe sobre o Sampaprev, reapresentado pelo ex-prefeito Haddad três dias antes de deixar o governo, além do atendimento a todas as reivindicações. Entre elas, fixação de novos valores de pisos para o Quadro dos Profissionais de Educação, fim da política de terceirização, reposição das perdas salariais, isonomia entre ativos e aposentados, restabelecimento da paridade para todos os aposentados, redução do número de alunos por sala/turma/agrupamento, fim da exigência do Cref pela SME e nenhuma punição aos professores de Educação Física, convocação de todos os aprovados em concurso, realização de concursos para docentes, gestores e Quadro de Apoio (veja a íntegra da pauta no Jornal do SINPEEM de fevereiro)


MANIFESTAÇÃO E ASSEMBLEIA GERAL EM 21 DE MARÇO

       Com a categoria em greve a partir de 15 de março, foi deliberado pelos presentes que uma nova manifestação e assembleia ser'ao realizadas no dia 21 de março, para cobrar uma resposta do governo Doria e decidir os rumos do movimento. 

       O horário e o local serão definidos na assembleia de 15 de março.


PROFISSIONAIS DE EDUCAÇÃO TOMAM A PAULISTA

        Após a assembleia, os profissionais de educação convocados pelo SINPEEM tomaram a avenida Paulista em caminhada até o Masp, onde se juntaram a outras entidades municipais e estaduais, que também realizavam manifestação contra a reforma da Previdência.

        A caminhada, com palavras de ordem contra a reforma da Previdência, contra o Sampaprev e por valorização salarial e profissional, seguiu até a Prefeitura, no Viaduto do Chá, onde o ato foi encerrado, lembrando que somente com a união de todos será possível barrar os ataques dos governos federal, estadual e municipal contra os direitos dos profissionais de educação, dos demais servidores e dos trabalhadores em geral.


Todos à luta. Nenhum direito a menos

Juntos somos mais fortes!

GREVE NACIONAL DA EDUCAÇÃO A PARTIR DE 15 DE MARÇO
MANIFESTAÇÃO E ASSEMBLEIA ÀS 15 HORAS
EM FRENTE À PREFEITURA – VIADUTO DO CHÁ


A DIRETORIA

CLAUDIO FONSECA
Presidente  

Fotos: Graça Donegati e Fernando Cardozo
Voltar Topo Enviar a um amigo Imprimir Home