Bom dia!           Domingo 26/03/2017     09:56
Cadastre seu e-mail e receba nossos informativos: Nome Email

2014

        A categoria, convocada pelo SINPEEM, Realizou greve de 42 dias. A mais longa da história da rede municipal de ensino de São Paulo, que conseguiu arrancar do prefeito Haddad a aplicação da lei que garantia a incorporação do índice de 13,43% aos padrões de vencimentos dos profissionais de educação ativos e aposentados, elevar os valores dos pisos e a incorporação do abono complementar de piso, que resultará em mais 15,38% de reajuste entre 2015 e 2016.

        O SINPEEM também conquistou o intervalo de 15 minutos para os professores dos CEIs, regulamentação das duas referências, mudanças nos critérios para o pagamento do Prêmio de Desempenho Educacional (PDE), além da inclusão, no Protocolo de Negociação, do item que obriga o governo a retomar as discussões sobre condições de trabalho.

        O sindicato promoveu cursos, com a participação de milhares de associados, e concluiu a construção do Centro Cultural do SINPEEM, ao lado da sede.

        2014 também foi o ano de eleição para a Diretoria. Mesmo sem dispensa do ponto para os associados votarem, o pleito contou com o comparecimento de quase sete mil eleitores, que deram 61% do total dos votos à Chapa 1 - Compromisso e Luta, ratificando nas urnas o desejo de continuidade do trabalho realizado.

Voltar Topo Enviar a um amigo Imprimir Home